Notícias e Artigos

Trabalhamos com todos os tipos de pesquisas, sempre oferecendo ao cliente a melhor alternativa existente para cada demanda.

Artigos

Hábitos de compra da população com mais de 60 anos

Pesquisa60mais

Instituto AGP revela hábitos de compra da população acima de 60 anos.

 

 

 

Com o aumento do número de idosos no Brasil, se torna cada vez mais importante conhecer e entender os hábitos e comportamentos dessa faixa da população. Pensando nisso, o Instituto AGP, realizou pesquisa com mais de 400 pessoas acima de 60 anos, chegando a resultados surpreendentes sobre o padrão de gastos, os tipos de estabelecimentos onde compra e sua experiência com compras online e mobile.

 

Importante considerar que a renda média familiar é entre R$3.721,00 e R$8.800,00 para 32% dessa população. Desse total, grande parte é gasta com custos de moradia, mantimentos e medicamentos.

21% afirmam gastar mais de R$1.000 mensais com itens ocasionais como refeições fora do lar, presentes e viagens. Enquanto 19% afirmam gastar menos de R$100,00 com esses itens.

 

 

55% frequentam redes de hipermercados semanalmente, 52% tem esse hábito com mercados locais/regionais e 62% preferem os Hortifrutis. Uma das explicações para isso é que, em média, 68% dos entrevistados considera sua experiência nesses pontos de venda como Boa ou Muito boa.

 

Apesar disso, 84% considera que as filas nos hipermercados é a maior dificuldade. Falta de atendimento vem em segundo lugar com 52% e lojas cheias é o terceiro colocado com 47%.

Em mercados locais, a fila também lideram com 69%, seguido por dificuldade de acesso (estacionamento/transporte) com 30%.

 

Shoppings e centros comerciais são visitas eventuais para 32% dos idosos, sendo que 72% consideram a experiência Boa ou Muito Boa, embora os shoppings sejam considerados muito cheios por 63% dos entrevistados e as filas incomodem mais de 52% dos idosos.

 

 

Para 91% dos entrevistados, o fator que mais influencia sua decisão de compra é a qualidade do atendimento, seguido por rapidez nas filas e lojas mais vazias e tranquilas.

 

74% afirmam que deixam de ir a uma loja quando são mal atendidos.

 

Já na experiência com compras online, 70% afirmam já terem comprando online no site ou aplicativo da loja.

A grande maioria, 89% utiliza o computador para fazer a compra e apenas 24% preferem os smartphones. O site da loja é a plataforma preferida para 91% dos idosos.

Apesar disso, 52% afirmam que as compras online não mudaram seus hábitos de compra e apenas 32% afirmam que passaram a comprar menos nas lojas por conta dessa facilidade.

 

Os principais itens comprados online são eletrônicos e eletrodomésticos, comprados por quase 88% dos entrevistados, 67% compraram viagens, 50% usaram para serviços de transporte como taxi ou Uber e 37% para serviços de alimentação delivery.

 

A maioria deles, 58%, afirma preferir a internet por conter as melhores ofertas e não precisar sair de casa, podendo comprar quando quiser.

 

Dizem ainda que o que os faria trocar a loja pela internet seriam preços mais competitivos e mais segurança na hora de fornecer dados pessoais, além de clareza para saber quais sites são confiáveis antes de comprar.

Aliás, falta de segurança na hora de fornecer dados bancários é a principal alegação de 50% dos entrevistados que não realiza compras online, seguido pelo desejo de ver e tocar o produto na loja, citado por 44%.

 

A pesquisa mostrou que a realidade do varejo brasileiro ainda requer uma grande evolução, principalmente no atendimento ao público da terceira idade. Que o varejo online está mais presente nessa população do que se imaginava, mas que precisa se preparar para enfrentar os desafios de segurança e usabilidade propostos por esse público.

 

É necessário estar pronto para uma população cada vez maior, mais ativa, saudável e bem informada para obter sucesso nesse mercado.

Leia também

  • 04/07/2017 - Millennials e empreendedorismo

    Pesquisa do Instituto AGP revela expectativas dos millennials em relação ao futuro e como eles enxergam o empreendedorismo.   A geração millennial, composta por jovens nascidos entre 1980 e 2000, possui características e anseios diferentes das gerações anteriores, principalmente no [Leia mais]

  • 04/07/2017 - Hábitos de compra da população com mais de 60 anos

    Instituto AGP revela hábitos de compra da população acima de 60 anos.       Com o aumento do número de idosos no Brasil, se torna cada vez mais importante conhecer e entender os hábitos e comportamentos dessa faixa da população. Pensando nisso, o Instituto AGP, real [Leia mais]

  • 04/07/2017 - Sono dos Paulistanos

    Pesquisa do Instituto AGP revela como o paulistano tem dormido.     Pesquisa realizada com mais de 400 moradores da cidade revelou os hábitos de sono dos paulistanos e mostra resultado preocupante: 60% dos habitantes da cidade dorme menos de 7 horas por noite, ou seja, menos do q [Leia mais]

Últimas notícias

Metodologias

Trabalhamos com todas as metodologias disponíveis para a coleta de informações, e certamente uma delas é a adequada para a sua necessidade.