Notícias e Artigos

Trabalhamos com todos os tipos de pesquisas, sempre oferecendo ao cliente a melhor alternativa existente para cada demanda.

Notícias, Notícias e Artigos

Maioria já pensou em largar tudo e mudar de carreira, diz pesquisa

trocar de emprego

Pesquisa realizada pela Pactive Consultoria com mil profissionais empregados revela que mais da metade (58%) já pensou em largar tudo e começar uma nova carreira. O estudo apontou esta ideia já passou pela cabeça de 32% dos entrevistados algumas vezes e para 26% este é um pensamento comum.

A hora de fazer uma mudança de carreira, a maioria dos participantes (65%) disse que gostaria de fazer algo ligado a sua personalidade. Mas o medo de arriscar, a incerteza e a falta de qualificação foram os principais obstáculos citados.

O caminho para minimizar riscos na hora de mudar de área ou profissão passa obrigatoriamente pelo planejamento de carreira. O plano também é fundamental para quem sente que já está no rumo certo, mas busca ascensão profissional.

De acordo com Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting, muitas vezes a insatisfação está relacionada mais ao desenvolvimento de carreira do que à escolha da atividade propriamente dita.

Segundo os entrevistados, o trabalho interfere na felicidade pessoal, para 39% muito, para 31% razoavelmente e para 30%, pouco. “Isso mostra que estar satisfeito com o trabalho é fundamental para ter uma vida feliz, por isso, as pessoas precisam tanto acertar em suas escolhas profissionais”, afirma o consultor.

De acordo com a pesquisa, o que mais motiva os entrevistados profissionalmente é autorrealização (53%), dinheiro (19%), segurança (19%) e aprendizado (9%). Já o que mais desmotiva é remuneração (35%), falta de reconhecimento (32%), insegurança (16%) e falta de aprendizado (9%). As perspectivas na empresa são ruins para 39%, boas para 36% e medianas para 25%.

Quando questionados se pensam em largar tudo e começar uma nova carreira, 32% responderam algumas vezes, 26% muitas vezes, 23% nunca e 19% quase nunca.

Perguntados se gostariam de fazer algo mais ligado à suas personalidades, 65% responderam que sim e 35%, não. E sobre os motivos que impediriam a mudança, 37% responderam que não estão insatisfeitos, 31% têm medo de arriscar e 16% citaram  qualificação e 16% incerteza do que gostam.

Fonte: Jornal A Tribuna

Tags:, , ,

Leia também

  • 04/07/2017 - Millennials e empreendedorismo

    Pesquisa do Instituto AGP revela expectativas dos millennials em relação ao futuro e como eles enxergam o empreendedorismo.   A geração millennial, composta por jovens nascidos entre 1980 e 2000, possui características e anseios diferentes das gerações anteriores, principalmente no [Leia mais]

  • 04/07/2017 - Hábitos de compra da população com mais de 60 anos

    Instituto AGP revela hábitos de compra da população acima de 60 anos.       Com o aumento do número de idosos no Brasil, se torna cada vez mais importante conhecer e entender os hábitos e comportamentos dessa faixa da população. Pensando nisso, o Instituto AGP, real [Leia mais]

  • 04/07/2017 - Sono dos Paulistanos

    Pesquisa do Instituto AGP revela como o paulistano tem dormido.     Pesquisa realizada com mais de 400 moradores da cidade revelou os hábitos de sono dos paulistanos e mostra resultado preocupante: 60% dos habitantes da cidade dorme menos de 7 horas por noite, ou seja, menos do q [Leia mais]

Últimas notícias

Metodologias

Trabalhamos com todas as metodologias disponíveis para a coleta de informações, e certamente uma delas é a adequada para a sua necessidade.